quarta-feira, 3 de junho de 2009

Sansão foi para o céu.



Tem horas em que fico sem assunto para postar... Nesta semana, são tantos assuntos, que tenho de organizar tudo.

Este assunto, preferia não ter...

Ontem, Sansão foi para o céu. Agora está sentadinho no colo da vovó Kati, que deve estar crochetando e conversando com a vovó Glorinha.

Quando eu fiz 19 anos recebi um telefonema do meu pai, perguntando se eu queria um cachorro. O poodle do tio Marcus tinha tido um filhote e ele queria me dar. Como sou a Felícia, aceitei na hora. Minha mãe nunca tinha deixado eu ter cachorro, com 19 anos já poderia cuidar sozinha do meu cão.

Escolhi um nome bíblico e super coerente com um ser de 3kg.

Sansão teve uma vida ótima. Foi amado por toda a família. Não podia ver uma bolinha de tenis, sentia o cheiro e ficava latindo até ganhar a bola. Vinha passar férias aqui na Bahia. Teve até prancha de surf. Ele adorava o mar... Tínhamos de cuidar para ele não ir parar na África...

Ranzinza como poucos, mordeu o veterinário antes de tomar a injeção letal.

Chorei, sentirei falta, mas é a vida...

Agora é esperar os filhotes da Lina.

2 comentários:

Dafni do Nascimento disse...

eu não sei o que será de nós quando a minha pretinha for embora.
nem sei o que dizer =S
beijos

Van disse...

Fiquei emocionada...
Apesar dele não gostar muito do Sushi, ele era um bom companheiro de hall.

PS: O Sushi é pai de 3 meninas...vamos visitar hoje.

Bjos